Brasil‎ > ‎

Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Brasil

postado em 11 de mar de 2014 12:38 por Road Garage   [ 8 de abr de 2014 04:12 atualizado‎(s)‎ ]
Muito escrevo sobre lugares que visito, e raramente sobre meu quintal. Quem conhece o Rio de Janeiro, sabe que a cidade está ao redor de um grande conjunto de montanhas, onde fica o Parque Nacional da Tijuca, o parque brasileiro que mais recebe visitas todos os anos e está entre os maiores parque floresta urbana do mundo.  Por ser uma cidade litorânea, a altitude das montanhas se destaca em relação ao nível do mar, de longe se vê o Rio:

(Cidade do Rio de Janeiro vista da Pedra do Sino - Teresópolis - Rio de Janeiro)

Conseguimos identificar da esquerda para direita: morro da Urca, Corcovado, Sumaré, Pedra da Gávea, Pico da Tijuca, e etc...

Se vê de perto e a nível do mar também:

(Montanhas do Rio de Janeiro vistas da praia do Arpoador - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

O Parque Nacional da Tijuca fica situado exatamente nessas montanhas, e é dividido em 4 áreas:


Serra da Carioca

O ícone da Serra da Carioca é o Corcovado, morro escarpado que conta com o Cristo Redentor no ponto mais alto, visível de muitos bairros da cidade:

(Corcovado + Cristo Redentor visto da Lagoa - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

A trilha para ter acesso ao Corcovado começa no Parque Lage, que está situado na sua base e que também faz parte do Parque Nacional da Tijuca. Parque lage é um casarão colonial desde a época das Sesmarias, e que hoje abriga a escola de artes visuais. Tem uma área ao redor semelhante ao Jardim Botânico, seu vizinho. Para quem curte a natureza, é o lugar certo. Ou não:

(RIP Cigarra - Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

A fauna é vasta, porém os turistas menos atentos só percebem o personagem principal do parque:

(Serra da Carioca - Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Para os que não gostam de trilha, o acesso a esse paraíso é feito pela Estrada das Paineiras, que começa no bairro Cosme Velho. Pense no melhor lugar para se andar de moto no meio de uma cidade grande:

(Estrada das Paineiras - Serra da Carioca - Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

As ruas-estradas do Parque da Tijuca são estreitas, rodeadas de mata atlântica e repleta de curvas. O clima aqui em cima é perfeito para pilotagem, e o visual é sensacional. Aqui acessamos outros pontos de interesse, como a Mesa do Imperador, onde D. Pedro II vinha tomar café da manhã com outros Nobres e Burgueses. Tinha bom gosto:

(Cidade do Rio de Janeiro vista da Mesa do Imperador - Serra da Carioca - Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Os melhores e mais visitados mirantes da cidade (como Mirante Dona Marta e mirante Vista Chinesa) estão nessa estrada. A vista da cidade do Rio de Janeiro é panorâmica e é parada certa para quase todos os turistas que nos visitam. Serra da Carioca com seus pontos turísticos e mirantes é carimbo certo:

(Serra da Carioca vista do morro da Urca - Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)


Pedras Bonita e Gávea

Ao contrário da Serra da Carioca, Pedras Bonita e Gávea é a área menos acessada pelos turistas. Não pela falta de beleza, mas pela dificuldade de acesso e falta de pontos turísticos populares. Aqui o mirante é natural, em cima de uma pedra, no meio de uma trilha pela Mata Atlântica. E que visual. Em dias de céu limpo, se vê até o Dedo de Deus, em Teresópolis:

(Pedra Bonita Vista da Pedra da Gávea - Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Como dito, se a trilha pela Mata Atlântica inibe os turistas, a fauna local dá o toque final:

(Aranha Tarântula Caranguejeira - Trilha para Pedra da Gávea - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Depois de uma trilha de quase 3 horas, estamos na pedra da Gávea, onde temos visão plena de toda a área. Na foto, Pedra Bonita e Agulhinha da Gávea em primeiro plano e Floresta da tijuca ao fundo:


(Pedra Bonita e Agulhinha da Gávea vista da Pedra da Gávea - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

E a cabeça do imperador, que fica atrás da Pedra da Gávea, repleta de mistérios e lendas:

(Pedra da Gávea - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

A pergunta que inquieta: Quem esculpiu esse rosto? Os Fenícios?

(Pedra da Gávea - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Para subir ao topo, os trilheiros tem que se espelhar nos moradores do local:

(Lagarto na Pedra da Gávea - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Porque a Pedra da Gávea é o ícone carioca do Montanhismo. Uma parede de pedra quase vertical de 30 metros, repleta de fendas. Chamada de Carrasqueira, é o ponto que separa os homens das crianças, selecionando quem vai chegar ao topo. Apenas para os fortes:

(Carrasqueira - Pedra da Gávea - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

O desafio vale a pena, pois a Pedra da Gávea sabe recompensar muito bem os montanhistas:

(Rio de Janeiro visto da Pedra da Gávea - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Daqui de cima se vê grande parte da cidade e do litoral do Rio de Janeiro, desde a Zona Sul até a Zona Oeste, além de Niterói. Só não se vê a própria Pedra da Gávea. Sendo assim, vamos a Pedra Bonita.

Para acessar a Pedra Bonita, subimos a Mata Atlântica pela Estrada da Pedra Bonita, que não deixa a desejar em termos de curvas em comparação as outras estradas do parque. A diferença aqui são as grandes subidas em curva, que afasta os inexperientes. Só para pilotos:

(Estacionamento da Rampa de Voo Livre - Pedra Bonita - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

A Rampa de Voo Livre está situada nesse local, berço do voo livre no estado e no país. Lembra o visual da foto anterior? Você voará ali, junto com os carcarás. Imperdível! E aqui também começa a trilha para a Pedra Bonita, rápida e fácil:

(Trilha para Pedra Bonita - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

E enfim, a Pedra da Gávea, esse imenso bloco de 852 metros de altitude a nível do mar. Sente a cara de malvadão do Imperador:

(Pedra da Gávea vista da Pedra Bonita - 
Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Não precisa dizer que se você for a praia, a pedra Bonita e da Gávea são figurinhas carimbadas! Juntas formam a figura de um homem deitado, pegando sol nas praias do Rio de Janeiro:

(Pedra Bonita e Pedra da Gávea vistas da praia da Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)


Floresta da Tijuca

A maior parte do Parque é composta pela mundialmente conhecida Floresta da Tijuca:

(Floresta da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro)

Já andou de moto no meio de uma floresta? Bem vindo:

(Floresta da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)

Apesar da estrada que passa pelo meio da floresta, a maior parte das vias na verdade são trilhas pela mata:

(Trilhas pela Floresta da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)

Muitos e muitos kms de trilhas para cerca de 15 picos, no meio da flora e da fauna já muito conhecida. Macacos novamente? Aqui tem muitos, e se amarram numa jaca. Aliás, cuidado para não levar uma na cabeça:

(Macacos comendo Jacas - Floresta da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)

O ponto mais alto é o Pico da Tijuca, a 1.021m de altitude. Daqui se vê toda a zona norte da cidade, e a serra do Mar. Isso quando o tempo está bom, senão:

(Pico da Tijuca - Floresta da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)

Se o tempo estiver ruim, não tem problema, além dos picos a Floresta da Tijuca conta com várias grutas a serem exploradas:

(Floresta da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)

Sinistro:

(Floresta da Tijuca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)


Covanca / Pretos Forros

Não há visitação nessa área, que conta apenas com a continuação já desmatada da Floresta da Tijuca. Atualmente está em processo de reflorestamento, se as favelas assim permitirem.

Então, vamos falar de uma outra área que não é considerada extensão do Parque Nacional, mas tem extremo valor: morro do Pão de Açúcar, morro da Urca:

(Pão de Açúcar - Morro da Urca Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)

Impossível dizer que essa silhueta não faz parte das Montanhas Mágicas do Rio de Janeiro. Daqui de cima se vê boa parte do cartão postal carioca:

(Morro da Urca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)

Para acessar o morro da Urca, temos a opção do bondinho ou mais uma trilha pelo meio da mata atlântica. Lembrando, não alimente os animais:

(Trilha para o morro da Urca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)

Não conhece o Rio de Janeiro? Recomendo a visita:

(Praia Vermelha - Urca - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil)



Comments