Trip Italy‎ > ‎

Giorno 7: Pompei - Positano

postado em 19 de mai de 2014 11:05 por Road Garage   [ 9 de jun de 2014 11:05 atualizado‎(s)‎ ]
Hoje começamos cedo, pois foi dia de subir o Vesúvio. Deixamos as mochilas no Hotel e fomos de blusa e bermuda encarar os 1280 metros de altitude do vulcão mais sinistro da Europa. Só não esperávamos por essa neblina toda. Pense em dois cariocas com frio:

(Vesúvio - Nápoles - Campânia - Itália)

Minha relação com nuvens orográficas é de apenas ódio, como não poderia deixar de ser com qualquer montanhista amador. Dessa vez ela resolveu nos deixar em paz e abriu a visão da boca do vulcão. Uau:


(Vesúvio - Nápoles - Campânia - Itália)

A subida é bem light, com inclinação moderada e terreno arenoso, sem muitas curvas. Chega-se rapidamente ao topo, onde consegue-se ver as cidades ao redor e o mar Mediterrâneo:

(Parco Nazionale del Vesuvio - Napoli - Campania - Italia)

Dá pra perceber por onde a lava desceu, área hoje que faz parte do Parque Nacional Vesúvio. E as cidades bem próximas ao vulcão que já fez muitas vítimas. Para conhecer seu poder de destruição fomos a cidade de Pompéia, não a atual, e sim a que foi soterrada com a erupção do ano de 79 depois de Cristo:

(Pompei - Campania - Italia)

Muita coisa foi desenterrada, nos dando a oportunidade de andar por ruas de uma cidade milenar quase intacta, a não ser pelo rastro de destruição provocado pelas forças geológicas. Na erupção que deu fim a Pompei, cinzas incandescentes e fragmentos de rochas, precipitaram-se montanha abaixo a grande velocidade, um fenômeno violento e destrutivo, que se chama corrente piroclástica. Foi tão rápido que animais e pessoas simplesmente viraram rocha na mesma posição que estavam:

(Pompei - Campania - Italia)

Essas "estátuas" de pessoas petrificadas realmente impressiona em Pompei, vale a visita.

Voltamos ao hotel, carregamos os alforges com nossas mochilas e começamos a rodar pela região, em direção ao sul. O cenário já é bem diferente do norte, e mesmo em frente ao mar, percebe-se que as coisas mudaram aqui embaixo:

(Castellammare di Stabia - Campania - Italia)

Com o clima mais quente, roupas penduradas na varanda, edifícios no concreto e trânsito agressivo, nos sentimos no Brasil. rs

Continuamos a contornar o Mar Tirreno com o Vesúvio ao fundo:

(SS 145 Sorrentina - Campania - Italia)

Até a costa Sorrentina:

(Sorrento - Campania - Italia)

Aqui começam uns paredões de pedra dividindo o mar do continente, e a estrada serpenteando por entre os precipícios. Simplesmente sensacional pilotar nessa estrada, até a Costa Amalfitana:

(SS 163 - Campania - Italia)

Curvas fechadas, moto arrastando plataforma, muretas de meio metro e aquele precipício para o mar mediterrâneo, banhado pelos últimos raios de sol da tarde. Uma das regiões mais espetaculares para se andar de moto, tanto é que cruzamos com várias nessa estrada. Aguardem os vídeos futuros.

O cenário aqui vale um pernoite. Ficamos em um hotel em Positano, uma das pequenas cidades penduradas na costa Amalfitana.

Um brinde em comemoração ao dia espetacular que a estrada nos proporcionou hoje:

(Positano - Campania - Italia)



Comments