Trip Norway‎ > ‎

Stavanger - Lavik

postado em 15 de abr de 2013 13:58 por Road Garage   [ 29 de abr de 2013 03:44 atualizado‎(s)‎ ]
Aluguei um carro na Hertz, e começamos a subir. Puto da vida por estar sem moto, comecei a me dar argumentos positivos. O trânsito aqui é um pouco diferente do Brasil, as placas e avisos na língua viking e nada são a mesma coisa, o frio é de lascar (-2 a 4), e estou indo em direção ao norte, em um lugar que está bem longe do que considero minha casa e meu quintal e a cereja do bolo: estou com garupa! No decorrer da viagem eu tento me convencer que acabei caindo na melhor escolha, alias não é atoa que não há aluguel de moto por aqui. 

Peguei o carro de manha cedo, e partimos sentido norte, seguindo pela E39 em direção a Bergen:

(E39 - Rennesøy - Rogaland - Noruega)

A E39 é uma estrada que corta a Noruega de norte a sul, e a principal da região costeira. Apesar disso, mão dupla com uma faixa de rolamento, e velocidade de 70km/h na maior parte do tempo. Nas cidades a velocidade máxima diminui para 50km/h. Aliado a isso, as pessoas respeitam rigorosamente as indicações de velocidade, e ultrapassagens são raras. Viajar por aqui é um exercício de paciência, e como estamos visitando os lugares e contemplando os cenários, isso até ajuda.

Agora imagine barcas e mais barcas ligando um pedaço de continente a outro. Como o litoral da Noruega é completo de acidentes geográficos, as barcas fazem parte das estradas por aqui. Pegamos nossa primeira para atravessar o Boknafjorden (nome do Fiorde):

(Barca Mortavika-Arsvågen - Rogaland - Norge)

O Mar do Norte e sua água azul marinho cristalina:

(North Sea - Boknafjorden - Rogaland - Norge)

O visual compensou o atraso que a barca adiciona a viagem. Continuamos pela E39, e alguns km depois, mais uma barca, dessa vez ligando Halhjem à Sandvikväg. Essa demora pra burro, metade do tempo observando o Bjørnafjorden e a outra metade experimentando um prato típico Norueguês:

(Barca Fjord1 - Halhjem-Sandvikväg - Hordaland - Norway )

Não gosto de postar foto de comida, mas essa pra mim foi um caso a parte. Que porra é essa? Uma bola de sei-lá-o-que e dentro uma linguiça redonda de surpresa a lá kinder-ovo. rs Pior que a parada estava gostosa, comida apimentada e forte, bem no meu gosto.

Essas barcas tem uma infra bacana, aproveitávamos para ir ao banheiro, comer e beber água em cada uma delas, descontando um pouco do tempo perdido. Passamos por Bergen voados, quem sabe paramos na volta, e começamos a sair do nível do mar. O cenário começou a mudar, e a temperatura caiu bastante, a ponto de aparecerem blocos de gelo na beira da estrada:

(E39 - Rennesøy - Rogaland - Noruega)

O que para mim foi uma novidade a ponto de parar o carro e tirar uma foto. Mal sabia o que estava me esperando mais a frente. Alias, o carro é esse ai, um Skoda a Diesel, acelera que é uma beleza. Torque em baixa... Lembra minha Harley... Opa, esquece isso, bora continuar a subir. A altitude ia aumentando, e o frio ficou de lascar. Vocês não imaginam o frio, então eu vou postar uma foto do acostamento:

(Divisa Hordaland-Sogn og Fjordane - Noruega)

kkkkk Vocês já viram alguém esquiando na beira da estrada? Só na Noruega mesmo... Neve e gelo a mais de 1 metro de altura, uma temperatura insuportável do lado de fora:

(Divisa Hordaland-Sogn og Fjordane - Noruega)

Do lado de dentro do carro, temperatura a 20º. rs E o sol estava lá, iluminando esse cenário incrível:

(E39 - Divisa Hordaland-Sogn og Fjordane - Noruega)

Começamos a descer, e ai o perigo se revelou. A neve começa a derreter, e a água vai pra pista:

(E39 -Sogn og Fjordane - Noruega)

Problema nenhum com a água, o problema é ficar mais frio rapidamente a ponto de congelar essa água, formando o blackice. Isso mesmo, gelo negro, pensamos que era asfalto, na verdade é uma camada fina de gelo, ao passar por cima os pneus patinam que é uma beleza. Se tiver de moto, muitíssimo cuidado, derruba até os mais experientes.

Chegando ao nível do mar o cenário muda, e volta ao normal (por enquanto):

(E39 -Sogn og Fjordane - Noruega)

O frio diminuiu um pouco, e podemos pegar o final do dia sem sofrimento, até nossa última barca:

(E39 - Oppedal - Sogn og Fjordane - Norge)

Contemplando o por do sol na estrada-mar-fiorde:

(Barca Oppedal-Lavik - Sognefjorden - Norge)

O dia valeu! Vamos tirar um ronco aqui em Lavik, pois o dia seguinte nos espera.
Comments