Día 28: Gramado - Serra do Rio do Rastro

postado em 21 de jan de 2015 15:46 por Road Garage   [ 2 de fev de 2015 05:03 atualizado‎(s)‎ ]
Em pleno natal luz, Gramado estava bombando. Para dupla de Harleiros viajantes, só interessava o museu Harley Motor Show:


O museu/bar temático fica no subsolo do museu de cera, onde passamos a manhã inteira trocando uma ideia e tomando chopp local Rasen Bier:


E por incrível que pareça viramos parte da atração. Os turistas batiam fotos das nossas motos e esperavam um momento oportuno para tirar uma foto nossa. Algumas ficavam envergonhadas e saiam de perto. rs Motoqueiros num bar de motoqueiros, deve ser isso que eles devem pensar. Vai saber... 

Um bar bacana, onde vc escolhe uma mesa aos pés de uma Shovelhead (década de 70):


Ou ao lado de uma Panhead militar (década de 50):


Ótimo som ambiente, bem decorado e uma coleção de motos de causar inveja. Knucklehead (década de 40):


Além das Harleys, uma Indian:


Show de bola! Por mim passava o dia aqui, mas temos que pegar estrada. Valeu para brindarmos a ótima viagem que fizemos e finalizarmos nossa parceria. El Negro segue a Rota do Sol e vai direto pra casa e El Colorado vai para Rota Campos de cima da Serra, curtir um pouco mais das serras do sul. A dupla se separa:


Agora estamos sós. Mas não tanto assim:


kkkk

Peguei uma estradinha de terra para o Parque Nacional Aparados da Serra, e depois de tocar gado, e percorrer uns 15kms por uma estrada 10 vezes pior que o rípio Argentino (como vocês podem ver no vídeo acima), peguei uma trilha rápida para o canion Itaimbézinho. Vértice:


Lugar único:


E curioso. A parte de cima é Rio Grande do sul, e a parte de baixo já é Santa Catarina. A divisa dos estados é o paredão de rocha!

Ruanita voltando do parque e se despedindo da Rota dos Campos de cima da Serra. Araucárias, pedras esbranquiçadas, pinheiros, campos verdes e nuvens cinzas. Rio Grande do Sul:


Descendo a Serra Gaucha:


Pernada rápida até a divisa RS | SC, já na BR-101:


Porque ainda não acabou, decidi fazer mais uma serra, e no final do dia cheguei na base dela:


A famosa Serra do Rio do Rastro. Comecei a subida já a noite, me hospedando no hotel que fica no meio da serra. Da janela do meu quarto, observava os caminhões passando pela escuridão:

(Hotel Verde Serra - Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina)

A intenção é acordar cedo e a Ruanita ter a serra só pra ela!

Tarada!

Comments