Trip Italy‎ > ‎

Giorno 16: Milano - Frankfurt - Rio de Janeiro

postado em 4 de jun de 2014 08:38 por Road Garage   [ 9 de jun de 2014 11:11 atualizado‎(s)‎ ]
Agora desmontados, fomos a pé conhecer Milano com o pouco tempo que nos sobrou entre o café da manhã e o voo de retorno. Escolhemos a sua famosa catedral:

(Milano - Lombardia - Italia)

A fila estava enorme para subir à cúpula, então nos contentamos com a fachada:

(Milano - Lombardia - Italia)

Entramos na catedral de Milão na hora da missa:

(Milano - Lombardia - Italia)

Depois de assistir um trecho da missa, fomos almoçar. Como no Brasil tudo termina em pizza, nada como fechar a viagem com uma verdadeira pizza Italiana! 

Sem muito tempo para o restante da cidade, relaxamos. Mas calma, como Milão é a capital européia da moda, não podíamos passar por aqui e não reparar nas tendências das ruas.

Com vocês, nossas modelos magrelas:

(Triumph Scrambler 800 - Italia)

(Harley Davidson Sportster 883 - Italia)

Muitas Sportster e Bonnevilles. Como os centros das cidades são pequenos, com ruas estreitas, tráfego controlado e poucos estacionamentos, nada melhor do que andar de moto:

(Triumph Bonneville 800 - Italia)

(Harley Davidson Sportster 1200 - Italia)

Fazendo sucesso nas ruas e nas lojas. Você entra em uma loja de roupas, e pode sair com uma moto:

(Triumph Scrambler 800 - Italia)

E a nossa campeã, vestindo um tanquinho de scooter, guidão dragracer e pneus oldschool, a SportsterRAT estilosa:

(Harley Davidson Sportster 883 - Italia)

Está na hora do Brasileiro seguir o exemplo e trocar os carros por motos.

Hora do nosso voo. Obrigado Itália!

(Milano - Lombardia - Italia)

No avião refleti sobre a pouca quilometragem percorrida com a moto, e que cobriu tantos lugares e regiões da Itália. Claro, a Itália é muito pequena em relação ao Brasil, onde estamos acostumados a rodar muitos kms para chegar a algum lugar. Um pouco maior que o Estado de São Paulo em área territorial e com ótimas estradas, fomos rapidamente de um lugar ao outro, sobrando bastante tempo para curtir as cidades, que por serem tão interessante e cheias de atrações, tornou nossa roadtrip a uma grande sequência de citytrips!

Apesar disso, não tiro o mérito da garupa, foram quase 3000km em 10 dias (tirando os dias parados) a média foi de 300km por dia e muitos deles com chuva. Não é qualquer uma que faria uma viagem dessas. Já da minha parte, a responsabilidade aumentou ao levar alguém comigo, pois não era apenas uma mochila apoiada no banco traseiro, mas sim uma outra vida. Moto mais pesada, ciclística diferente e dividindo o equilíbrio com outra pessoa, a margem de erro aumenta. Graças a Deus deu tudo certo.

Quero dizer, nem tudo:

(Alpes - Itália | Suíça)

Merda!!! Tenho que voltar e fazer os Alpes!!!

Quem está afim?
Comments