Dia 19: Aguas Calientes - Machu Picchu - Cuzco

postado em 11 de dez de 2013 04:38 por Road Garage   [ 19 de dez de 2013 07:06 atualizado‎(s)‎ ]
As 6h20m da manhã já estava pegando um dos primeiros ônibus com destino a cidade sagrada de Machu Picchu, chegando 20 minutos depois. Como estava muito cedo, a neblina tomava conta do lugar, postergando a surpresa para mais tarde:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

Porque chegar tão cedo? Primeiro, não tem turistas, a cidade fica vazia para todos os montanhistas, ou melhor, montanhistas e lhamas:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

E o controle para subir a WayanaPicchu, aquela montanha que você vê ao fundo de todas as fotos de MachuPicchu abre as 7h. Estava lotado com a galera que realmente gosta de montanhas. Todos aguardando anciosamente o momento de subir aquele paredão e ver a cidade sagrada ao contrário de todas as fotos que você vê por ai. Sim, a maioria dos turistas não vai lá. Claro, nos fomos:

(Waynapicchu - Machu Picchu - Cusco - Peru)

É uma trilha puxada, sobe-se muito em pouco tempo, falta ar, te obrigando a parar varias vezes para beber água e tomar fôlego:

(Huaynapicchu - Machu Picchu - Cusco - Peru)

E depois de 1hora, você tem a sua recompensa. A neblina já foi embora e é simplesmente sensacional ver a cidade dessa perspectiva:

(Huaynapicchu - Machu Picchu - Cusco - Peru)

Estrada para Machu Picchu a esquerda, Machu Picchu acima e abaixo o mochileiro motociclista cumprindo a sua missão! Foram Kms bem rodados para chegar até aqui e subir essa montanha. E já que estamos aqui, porque não subir a montanha menor? Desci até ela, e como está mais perto da cidade, a foto fica bem legal:

(Huchuy Picchu - Machu Picchu - Cusco - Peru)

Aqui tem todo o visual dos arredores de Machu Picchu, todas essas montanhas que provavelmente eram extremamente cultuadas pelos Incas. Onde a natureza mostra todas as suas faces:


(Huchuy Picchu - Machu Picchu - Cusco - Peru)

E como também não poderia deixar de ser, a foto tradicional, aquela que vemos em todos os lugares, com a montanha Huayanapicchu de fundo:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

E agora sim, depois do montanhismo, já chegavam os turistas e o momento de fazer o tour guiado pela cidade:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

Tudo na pedra, até as escadas:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

Janelas ou o que deveria ser isso:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

Dobradiça de portas:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

Dá-lhe engenharia! Sente o sistema hidráulico dos Incas:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

Aquele momento que vc percebe que os engenheiros Incas eram bem melhores que muitos engenheiros de hoje em dia. E que talvez a humanidade esteja involuindo:

(Machu Picchu - Cusco - Peru)

O guia era muito bom e nos bombardeou de mitos, lendas e histórias Incas e de Machu Picchu. Você sabe porque a cidade era sagrada? A revelação final: a cidade de Machu Picchu era considerada sagrada para os Incas pois aqui era um lugar de aprendizado, de passagem de conhecimento. Sim, Machu Picchu era uma universidade! Era uma cidade universitária Inca. Espetacular saber que os caras conheciam os pontos cardeais, as estações do ano, dominavam astronomia, engenharia civil, engenharia hidráulica, e transmitiam todo esse conhecimento aqui nessa cidade. Além disso, um lugar especial, ao redor de tanta natureza e montanhas. Valeu a visita.

Desci novamente até Aguas Calientes:

(Aguas Calientes - Cusco - Peru)

Peguei o trêm e depois uma van refazendo todo o caminho do dia anterior até Cuzco, onde chegamos tarde da noite. Mas em tempo para ver a última pedra do dia, entre todas as mais famosas da cidade, a pedra de 12 faces:

(Cuzco - Cusco - Peru)

Sente o tamanho da pedra. Mais 3 metros de profundidade. Voltei para o hostel impressionado com os Incas, e pensando em como os Espanhóis conseguiram destruir muita coisa por aqui. 

Enfim, missão cumprida, agora é dormir e preparar o retorno pra casa.


Comments