Blog‎ > ‎

Problemas com a lei: Bomba baixa

postado em 7 de out de 2014 12:18 por Road Garage   [ 8 de out de 2014 06:29 atualizado‎(s)‎ ]
Sábado pré-eleição, voltando de um rolé, a moto entra na reserva. Vou rodando até o meu limite estipulado para abastecimento, em torno de 18 litros.

"É pra completar senhor?" Sim, por favor.

Ao olhar para bomba, não creio:


"19,59 litros? Você por favor poderia chamar o gerente? "

Amigo, o tanque da Softail tem capacidade volumétrica máxima de 18,9 litros. Se eu tivesse pane seca, iria entrar no máximo 19 litros (ver Dia 21: Iberia - Jaci Paraná), considerando todas as margens de erros "normais" e possíveis. O fato é que ainda tinha por baixo, 1 litro de gasolina no tanque, o que me sugere que fui enganado em 1Litro e 700ml, em torno de 10% da bomba real.

O famoso golpe "bomba baixa", quando a bomba de gasolina tem sua vazão alterada e o consumidor paga mais por menos.

O gerente fez as contas na calculadora, e acusou o golpe com a seguinte proposta: "pague apenas 18,9 litros e está tudo certo"

Nesse momento, do outro da rua, estacionado na calçada havia um carro da policia (eles podem, nós não. ver Problemas com a lei: estacionamento irregular). Faço sinal com os braços, e sou ignorado. Talvez tenham me confundido com o "bonecão do posto", aquele boneco inflável que fica balançando os braços. Atravessando a rua em direção o carro, o mesmo liga e sai acelerando. Fiquei no vácuo. Fui sumariamente ignorado.

Volto puto da vida, ligando para 190. Me atende uma policial, informando que nada poderia ser feito, e que deveria denunciar a ANP. Como assim nada pode ser feito?

Liguei na ANP, onde me informaram que os dados do posto foram anotados e que enviariam posteriormente um técnico do Inmetro para realizar a aferição da bomba. "E o valor eu vou pagar?" Fui informado que agora o problema era do Procon, teria que reclamar em outro órgão, que provavelmente também não poderia fazer nada.

Brasil: uma festa de pirocas onde você vai fantasiado de bunda!

Escalei o gerente, escalei a polícia, escanei a ANP, que escalou ao Inmetro.... Agora escalar o Procon... "Senhor, por favor, retire a moto da bomba, está atrapalhando"

"Claro! Agora mesmo!" Escalei o caso a Deus. Perdoe mais esse problema com a lei:

Liguei a moto ao som de "O senhor não vai pagar?" Engatei a primeira e fui embora, aos gritos de "Anota a placa! Anota a placa!"

Não podem prender ninguém... Eleições... Hora de mudar!
Comments