Manutenção‎ > ‎

Sportster: Restaurando velocímetro

postado em 24 de jul de 2013 04:15 por Road Garage   [ 28 de fev de 2014 05:39 atualizado‎(s)‎ ]
Na postagem anterior (Problemas com a lei: Acidente de moto) relatei o ocorrido no começo desse ano, quando me envolvi em um acidente. O pequeno choque com o carro, resultou um velocímetro um pouco amassado e vidro quebrado:

(Velocímetro Sportster 883 quebrado)

A primeira atitude a ser tomada poderia ser cobrar do causador do acidente os danos materiais causados, entretanto o cara já foi cobrado o suficiente pela natureza, desejo melhoras pra ele e que não cruze meu caminho novamente.

A segunda seria procurar a Harley Davidson e cotar um velocímetro novo. Entretanto, além da Harley Davidson americana não vender mais peças originais para fora dos EUA, os dealers brasileiros me cobrariam os olhos da cara (algo superior a R$1000,00) por um novo. E por um equipamento que nem faço questão de usar. Sem chance.

A terceira, e a que mais me interesso sempre, foi tentar recuperar a peça. Sendo assim, desconectei o plug do velocímetro, abri a mesa do guidão (clamp) e saquei o velocímetro. Ele estava funcionando normalmente, mas com vidro quebrado e aro amassado. Com um compasso escolar, descobri o diâmetro do vidro, fui em um vidraceiro e por R$10,00 ele me fez um vidro novo, mais resistente que o original:

(Vidro novo para o velocímetro)

Admito não ter a habilidade manual e paciência necessária para desamassar o aro de metal que prende o vidro. Alias, tinha que pintar também, e para pintura sou uma negação (ainda). Mas quem tem bons amigos, não precisa de mais nada:

(Aro de metal desamassado, pintado. Base desentortada, pronto pra outra)

Mais uma vez meu amigo e vizinho Fernando me deu uma mão, desamassando o aro, recolocando o vidro, fechando o aro e pintando de preto. Me restou dar umas marteladas na base que vai no clamp do guidão, desentortando um pouco, e o velocímetro ficou pronto pra outra!



Comments