Trip Italy‎ > ‎

Giorno 9: Positano - Fabriano

postado em 22 de mai de 2014 03:18 por Road Garage   [ 9 de jun de 2014 11:08 atualizado‎(s)‎ ]
O dia amanheceu meia bomba, olhamos a previsão nada animadora e fomos pra estrada. Última foto em Positano, agora com a moto, nosso meio de transporte pelas estradas Italianas:

(SS163 - Positano - Costa Amalfitana - Campania - Italia)

Começamos a contornar o que nos restava da costa Amalfitana, pela pista de mão dupla apertada e aquela mureta de meio metro nos separando do precipício:

(SS163 - Praiano - Costa Amalfitana - Campania - Italia)

O dia prometia chuva, e as nuvens já escondiam o paredão de pedra:

(SS163 - Conca dei Marini - Costa Amalfitana - Campania - Italia)

Não tínhamos outra saída, começamos a subir por entre a neblina, seguindo um carro. Suas lanternas nos serviram como guia, até descermos e pegarmos a auto estrada para Nápoles. Como tinha comentado anteriormente, essa região de Napoli é um pouco abandonada pelo estado. Por exemplo, não é incomum ver lixo nos acostamentos:

(Auto estrada a Napoli - Campania - Italia)

Carros velhos da Fiat por todos os lados, velocidade reduzida nas estradas. Deixamos o oeste da Itália em direção a costa leste:

(A16 - Puglia - Italia)

Aqui o sol começou a dar as caras. Muitos geradores de energia eólica na parte central e mais alta do país, onde paramos para abastecer e nos deparamos com uma coxinha em plena Itália! A grande decepção veio em seguida, pois a coxinha era de arroz:

(Coxinhas na Itália)

kkk Então fica o aviso aos amigos coxinhas: aqui não vale a pena. rs

Em falar em coxinhas, aqui os motociclistas levam a sério o cumprimento biker na estrada: braço na horizontal e dois dedos esticados em sinal de respeito pelo motociclista que vem no sentido contrário. Encontramos alguns no posto de gasolina, e depois do papo, nos adiantamos pois o tempo já estava mudando:

(SS655 - Foggia - Puglia - Italia)

A visão na auto estrada da costa leste não era nada animadora:

(A14 - Puglia - Italia)

Paramos para colocar as capas de chuvas que recebemos com o aluguel da moto. Capa de chuva da Harley, muito boa. Ainda mais para quem estava esperando o céu cair:

(A14 - Abruzzo - Italia)

Escapamos da primeira cortina, pegamos o final da segunda mas não escapamos das diversas outras que vinha da região central em direção a costa. Foi muita água pelo restante do caminho. O que facilitou a pilotagem foi o ótimo asfalto:

(A14 - Abruzzo - Italia)

Conseguimos manter a velocidade de 120km/h mesmo debaixo de chuva forte. Asfalto com alta abrasão e escoamento rápido. Ficou nítido quando deixamos a auto estrada A14 pedagiada e pegamos a estrada estatal  SS76 com asfalto normal em direção a Fabriano. A velocidade foi bastante reduzida depois de alguns deslizes da moto.

Apesar da chuva, chegamos a tempo no nosso destino.

Comments