Viagem Nordeste‎ > ‎

Dia 24: Parnaíba

postado em 6 de ago de 2015 05:22 por Road Garage   [ 15 de set de 2015 06:21 atualizado‎(s)‎ ]
Cheguei a noite em Parnaíba, cidade grande e algum comércio ainda aberto. Procurei um lava jato, mas dois estavam fechados. Parei na farmácia e aproveitei a oferta de um motoqueiro me guiasse até o hotel.

Pousadinha de cara pro gol, perto do rio Parnaíba, supermercado e estação turística. O único problema é que dia de semana não há passeio pelo delta a não ser pacote fechado, e como viajo sozinho, não tenho como arcar uma lancha rápida para amanhã. Os barcos lentos saem no final de semana, e terei que alterar o planejamento da viagem para voltar aqui.

No meio da noite, espancam a porta do quarto: "Oh motoqueiro, acorda porra! Acorda!" E tome porrada na porta... Vesti a roupa e coloquei a peixeira na posição, quando abri a porta, era um amigo do RJ, reconheceu minha moto parada em frente. Por coincidência estávamos hospedados na mesma pousada, rimos bastante e no final me emprestou 400 pratas... kkk Esse agora vai pensar duas vezes antes de me acordar.

Primeira coisa a ser feita no dia:


Bastante água e sabão, para tirar a maresia, areia e água salgada. Para arrematar, mais um tubo de lubrificante:


Nem lembrava que meu motor era cinza rs

E a dica foi importante:


Depois da lavagem, fui verificar as luzes, e descobri que minha lanterna tinha queimado. Essa lâmpada não se encontra em motopeças (talvez nem na cc HD rs)...  e sim autopeças. É a mesma de pick-ups, e custou R$5,00. Deu até uma certa vergonha:


Só que não.

Na verdade o que queimou a lâmpada não foi a lavagem, e sim a cebolinha do freio traseiro ter travado acesa. Desconectei a fiação da cebolinha, e quando chegar na garagem, terei que trocá-la, visitando novamente uma autopeça, já que é a mesma do Fusca.

Continuando a inspeção, o farol que tinha apagado, voltou a funcionar:


Ou seja, a lâmpada está boa, deve ser algum mal contato. Não tenho tempo para localizá-lo agora, e se precisar de farol, vou com o alto. Sendo assim, dediquei mais um tempo para a manutenção obrigatória:



Trocando o óleo em qualquer loja de moto. Aproveitei e "limpei" o filtro de ar, veja aqui: Limpeza do filtro de ar em longas viagens

Não consegui fazer o passeio pelo Delta mas tirei o dia para cuidar da Ruanita. Ela merece!

Comments