Día 27: Jaguarão - Gramado

postado em 19 de jan de 2015 11:43 por Road Garage   [ 2 de fev de 2015 05:03 atualizado‎(s)‎ ]
Terra Brasilis!

Ficamos na pousada XV de Novembro, do conhecido Renato, contador de histórias. Recomendamos! Principalmente o café da manhã, bem farto (pátria mãe gentil) em comparação a medialuna + café dos vizinhos.

Cidade de Jaguarão recebe um fluxo de pessoas interessadas no Duty Free que fica do lado Uruguaio, com produtos a preços convidativos. Já do nosso lado, posto cheio, veículos Uruguaios abastecendo, claro a gasolina aqui custa 3,20 enquanto no Uruguai quase 5 reais. No final das contas, trocamos gasolina por produtos importados. (Será?)

Aqui termina a extensa BR-116, então vamos retornar a faze-la, agora de trás pra frente:

(BR 116 - Jaguarão - Rio Grande do Sul - Brasil)

Ao sair da cidade, começa uma chuva média e constante, que nos obriga a colocar a capa de chuva a dias esquecida na bagagem. Tempo nublado, viseira molhada, pouca visibilidade, de repente algo se agita no meio da rodovia, já fiz sinal para El Negro diminuir. Chegamos mais próximo era um Gaúcho-Chê agitando suas bandeiras eco-sustentáveis recicladas de cabo de vassoura + saco de milho. Não era um assalto ou "arrastão" graças a Deus, não estamos no Rio de Janeiro e sim no Rio Grande do Sul, o senhor de bombacha que parou o trânsito numa rodovia federal só queria atravessar o seu gado de um lado ao outro da BR:

(BR-116 - Rio Grande do Sul - Brasil)

Tranquilamente esperamos a boiada, depois foi só passar por cima de todo aquele barro e bosta de vaca rabeando os Harlões e saindo de traseira, no asfalto molhado fica melhor ainda rsrs

É cada história! Se contasse tudo iria faltar blog

O mais curioso é voltar pro Brasil e só encontrar bandeiras do Rio Grande do sul, uma maior que a outra. Enfim... Continuamos rumo a capital do País, digo, do estado do RS. Cruzando o Rio Guaíba, Porto Alegre:

(Ponte sobre o rio Guaíba - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil)

(O ponto preto não é um ovni, e sim um inseto na lente da câmera, dentre muitos outros que colecionamos por ai)

A BR-116 segue pra região da serra gaúcha e vira uma estrada espetacular, com muitas curvas e asfalto perfeito por entre árvores:

(BR-116 - Serra Gaúcha - Rio Grande do Sul - Brasil)

Um convite para acelerar e... Ser parado pela Polícia Rodoviária Federal. Sim meus amigos, pela primeira vez fui parado pela PRF. E eu achava que era lenda, mas sim, eles existem e as vezes até trabalham! Só pararam o cara errado, de Harley com seca sovaco, toda imunda e cheia de insetos, eu mais sujo ainda, molhado, com uma mochila pedindo arrego e a barraca de camping em estado de calamidade pública. Ficou com pena e liberou! Pelo visto as coisas aqui funcionam, deu até aquele orgulho de ser gaúcho, quase pendurei minha bandeirinha do RS na bagagem também rs

Intimidade é uma merda, a gente brinca com os compatriotas do sul mas é porque o Rio de Janeiro está lotado deles, praticamente uma invasão. É um mais gente boa que o outro. E quando estamos aqui, somos recebidos muito bem! Paramos no posto para abastecer e foi espantoso a quantidade de pessoas que vieram falar conosco. Sou fã do povo gaúcho. (Ver Viagem Ar/Ch quando um nos convidou a entrar na sua casa e comer do seu churrasco com a família)

Voltamos a rodar e fizemos questão de percorrer toda a serra até Caxias do Sul, cidade onde desviamos o percurso no começo da viagem:

(BR-116 - Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil)

Sendo assim, BR-116 rodada por completo no sul e sudeste!

Começamos a descer a Rota do Sol, desviando para Gramado, que estava enfeitada para o Natal Luz:

(Natal Luz - Gramado - Rio Grande do Sul - Brasil)

Depois de um dia cinza, longo e cansativo (sem perder o humor, sendo ele bom ou ruim) fomos recompensados com a primeira refeição digna de uma foto:

(Polar-chê - Gramado - Rio Grande do Sul - Brasil)

Por essa e outras coisas simples que o Brasil é e sempre será o melhor país da América do Sul!

Comments