Restauração

Força bruta: Desentortando guidão

postado em 24 de abr de 2015 01:23 por Road Garage   [ 10 de nov de 2015 10:04 atualizado‎(s)‎ ]

Uma queda lateral que se preze tem que entortar o guidão, claro. Com esse seca sovaco de 16" com cano de 1" não foi diferente, pois tem uma grande alavanca e uma baixa resistência, quando encostou no chão, empenou.

O certo é trocar o guidão, mas como os amigos já sabem... Vou mostrar aqui como desentortar o guidão para te tirar do perrengue e levar pra casa:

(como desentortar guidão - Desempenando seca suvaco - Harley Davidson Softail)

Com o pé na base do guidão, vc vai puxar com pequenos solavancos no sentido contrário ao amassado.

Depois reaperte os parafusos do clamp e do riser. Aliás, só recomendo fazer isso se as buchas do riser forem de poliuretano, como é o caso (Softail: Coxim de poliuretano para os risers do guidão) se forem as originais de borracha, deverão ser substituídas pois provavelmente irão amassar.

Fique atento ao ponto onde sofreu o empeno, se o metal mudar a coloração (esbranquiçado) o guidão está condenado.

Bora pra estrada! Nordeste já!

Micro retífica + canivete: Engraving

postado em 20 de abr de 2015 08:27 por Road Garage   [ 24 de nov de 2015 06:17 atualizado‎(s)‎ ]

Quero agradecer a todos os emails que recebi se solidarizando com o chão que a Ruanita tomou, dentre eles os que deram a ideia do Engraving na tampa da embreagem (Derby cover). Motociclistas sabem que uma queda pode ser um bom momento para customização, então, mãos a obra.

Acompanhava o trabalho do amigo Marcio Langer, o mestre do Engraving no Brasil, então tomei coragem e decidi tentar algo bem simples, baseado no que já tinha visto o Marcio fazer. Não vi vídeos explicativos, nem li tutorial, muito menos sou artista. Apenas imprimi umas palavras, marquei o contorno com canivete, e coloquei a Dremel (genérica) pra cantar.

Escrevendo no metal:

(Como fazer Engraving? - Engraving na tampa da embreagem - Derby Cover - Harley Davidson FX)

Depois do contorno, marcando a peça:

(Como fazer Engraving? - Engraving na tampa da embreagem - Derby Cover - Harley Davidson FX)

Denovo, escrevendo::

(Como fazer Engraving? - Engraving na tampa da embreagem - Derby Cover - Harley Davidson FX)

Até que não ficou tão ruim, heim? Peça tatuada:

(Engraving na moto - Cicatrizes + tattoo na tampa da embreagem - Derby Cover - Harley Davidson FX)

Ruanita e sua primeira tattoo!

Cicatrizes e tattoos... Dizem que as coisas são iguais aos donos. :)

Micro retífica + extrator de parafuso: restaurando peças

postado em 13 de abr de 2015 01:35 por Road Garage   [ 27 de out de 2015 12:01 atualizado‎(s)‎ ]

Uma das coisas ruins em ter uma Harley Davidson é depender dos Correios brasileiro para a manutenção da moto. As peças vem dos EUA e demoram de 30 a 60 dias para chegar. Tento manter um estoque de peças de uso programado, para ter sempre a mão o que necessito e não deixar a moto parada por qualquer eventualidade.

Infelizmente uma queda como a que tive foge do planejamento e me obriga a achar outros meios de acertar a moto, se não quiser/puder deixá-la parada na garagem esperando as peças novas ou, pior, virar refém da concessionária e deixar a moto em cárcere privado num canto escuro pegando poeira e teias de aranha por longos meses...

Como viajo em menos de um mês, estou tentando acertar as peças afetadas de uma maneira "criativa", para conseguir viajar tranquilo.

Já usei cano, marreta, alicate de pressão, torno, bigorna... E agora dou a vez para a micro retífica fazer o seu trabalho plástico e dar alguma "dignidade" as cicatrizes das peças.

Cirurgia reparadora no pedal da marcha. Melhorando as cicatrizes:



Pedaleira do piloto:


Vez da caixa da primária melhorar sua aparência:


Protegi para não cair limalhas dentro da caixa e esmerilhei os arranhões para aplainar o metal. Um polimento cairia bem para uniformizar a cor, mas vou deixar a cargo da estrada e do lema: "moto bonita é moto suja."

Agora a parte difícil: retirar um parafuso quebrado dentro da rosca. Ainda com a micro retífica, fiz um furo exatamente no meio do parafuso:



Alguns amigos condenaram a prática, dizendo ser necessário tirar a tampa da moto e colocar numa furadeira de bancada para alinhar exatamente o furo. Sem tempo para todo esse trabalho, tive o máximo de cuidado possível para não errar, o que poderia me custar a rosca da peça. Ficou bom:


Agora coloco pra trabalhar pela primeira vez o kit alemão de extrator de parafusos. Será que o negócio é bom mesmo?


Rosca invertida num metal de alta liga, rosqueou o furo que fiz e com o auxílio de uma chave de boca, retirei o parafuso quebrado:



Que brinquedinho foda! Aprovado:


Agora falta pouco, hora de fechar a tampa.

Bigorna + Marreta: Desentortando link do câmbio e pedaleira do garupa

postado em 7 de abr de 2015 00:39 por Road Garage   [ 27 de out de 2015 12:02 atualizado‎(s)‎ ]

Agora deixando o torno de lado e utilizando a mini bigorna e a marreta que também eram do meu avô (você não conhece meu avô? 70 Anos da 2º Guerra Mundial na Itália) vamos partir para a força bruta. Porrada no suporte da pedaleira do garupa:

(Desentortando link do câmbio e pedaleira do garupa - Bigorna + Marreta - Peças amassadas na queda de moto - Harley Davidson Softail FX)

Fechou? Ou quer mais porrada?

(Marreta desamassa peça de moto - Harley Davidson Softail FX)

Hora do shift link, uma vareta de aço que passa a troca das marchas do pedal de câmbio para o eixo da primária. Tava bem torta:

(Marreta desamassa shift link - Vareta da marcha - Link do câmbio - Harley Davidson Softail FX)

Apoiei na extremidade da mini bigorna. Desce a marreta:

(Marreta desamassa peça de moto - Harley Davidson)

Teve que ceder. Ferro é mais duro que aço:

(Desamassando peças de moto - Recuperando peças depois da queda de moto - Desce a marreta - Harley Davidson Softail FX)

Força bruta é fácil, agora vem a parte difícil. Com a micro retífica, vamos deixar a sutileza artística florescer... rs

Torno + Alicate de pressão: Desentortando eixo do câmbio e manicoto da embreagem

postado em 31 de mar de 2015 03:27 por Road Garage   [ 27 de out de 2015 12:02 atualizado‎(s)‎ ]

Agora com o alicate de pressão, volto o orifício do shift link com cuidado para ficar alinhado:

(Desentortando eixo do câmbio - Alicate de pressão + torno de bancada - Peças amassadas da Harley Davidson Softail FX)

Não precisa fazer força, apenas o necessário para alinhar a peça e deixá-la tangente ao movimento de rotação do eixo:

https://lh5.googleusercontent.com/-PxIwaYngldY/VRQhXVpryoI/AAAAAAAAKUo/d47atXqd9m4/s1600/DSC01053.JPG
(Desentortando eixo do câmbio - Alicate de pressão + torno de bancada - Peças amassadas da Harley Davidson Softail FX)

Aproveitei o alicate, com extremo cuidado desentortei o manicoto suporte da embreagem. Essa liga é muito fraca, quebra facilmente, qualquer movimento mais brusco pode ser fatal:

https://lh4.googleusercontent.com/-Dv_7nkblCjI/VRQhYPUfcPI/AAAAAAAAKUs/0j5tBEtiKuA/s1600/DSC01047.JPG
(Desamassando suporte do manente da embreagem - Alicate de pressão + torno de bancada - Peças de motos amassadas)

Tá ficando bom. Mas a sutileza acabou, vamos pegar a marreta.

Torno + Cano: Desentortando pedal e eixo do câmbio

postado em 27 de mar de 2015 20:43 por Road Garage   [ 7 de out de 2015 09:49 atualizado‎(s)‎ ]

Utilizando o torno morsa de bancada do vovô, prendi o pedal do câmbio na posição que me desse melhor ponto de apoio. Com uma barra de cano de ferro, estudei o melhor angulo para puxar a peça:

(Como desentortar algumas peças da sua moto - Pedal do câmbio)

O cano longo me dá um momento ideal e me permite fazer pouca força e levemente voltar a posição original. Metal tem "memória" e puxando perpendicularmente ao amassado, a peça foi alinhada:

(Desamassar peças da sua moto - Utilizando um cano de ferro - Pedal do câmbio - Harley Davidson Softail FX)

Próxima. Prendi a peça do eixo do pedal do câmbio no torno:

(Restaurando peças de moto - Harley Davidson Softail FX)

Coloquei o cano no eixo e puxei devagar em direção contrária ao amassado:

(Desamassando peças da moto - Utilizando um cano de ferro - Pedal do câmbio - Harley Davidson Softail FX)

Essas peças são de aço, bem maleáveis. 

Ficou quase perfeito, faltou um detalhe. Vou lá buscar o alicate de pressão e já volto.

Hora de pagar o pedágio da liberdade

postado em 24 de mar de 2015 05:58 por Road Garage   [ 7 de out de 2015 09:57 atualizado‎(s)‎ ]

Se a sua vida motociclística não é contabilizada em anos, e sim em quilômetros, você sabe que em algum lugar, um dia, você vai ter que pagar o pedágio:

(Pagando o pedágio da liberdade - Escorregando no trilho do bonde - Uma queda clássica - Santa Teresa - Rio de Janeiro - Brasil)

"Moto não foi feita pra cair" 

Nem avião. Mas cai. Se você não acredita nisso, não está preparado para isso e não quer assumir as consequências, não ande de moto.

Se você acha que andar de moto é só conhecer lugares, fazer amigos e curtir a liberdade, não se engane. Se você acha que pilota muito bem e isso não acontecerá com você, está errado.

Nosso papel é diminuir ao máximo todos os riscos, antecipar situações, treinar esquivas, contornar adversidades, pilotar defensivamente. Quando tudo o mais falhar, forças para levantar e seguir adiante:

(Arranhões na tampa da embreagem - derby cover - Peças avariadas numa queda de moto)

Chegar na garagem:

(Arranhões profundos com desgaste na tampa da primária - Resultado de uma queda de moto - Harley Davidson)

Contabilizar o prejuízo:

(Pedal do câmbio empenado - Shift peg desbastado - Peças avariadas caindo de moto)

Pensar nos próximos passos:

(Eixo do pedal do câmbio amassado - Shift link empenado  - Peças avariadas numa queda de moto - Caindo com a Harley Davidson)

Ganhar experiência e evoluir para um motociclista melhor:

(Peças avariadas numa queda de moto - Peças quebradas ao cair de moto - Harley Davidson Softail FX)

Vamos tentar resolver o problema.

"E o peão?" 

Dane-se o peão... rs

Softail: Desentortando pedal do câmbio e do freio

postado em 23 de jun de 2014 18:14 por Road Garage   [ 7 de out de 2015 09:52 atualizado‎(s)‎ ]

Existem dois tipos de motociclistas: os que falam de moto e os que andam de moto. 

Esse tipo de coisa só acontece ao segundo grupo:

(Estrada não mapeada - Tarija - Bolivia)

O Pedrão do Hecho a Mano quer encontrar alguém que consiga levantar uma Harley... Também to querendo. Tá foda! rs

"Caralho Filipec: declive de areia e com a moto carregada?" Pois eh, infelizmente 1% da quilometragem rodada é por vias não pavimentadas, justamente onde mora o perigo para as motos custom. Mas, uma rodovia tranquila nunca formou um piloto habilidoso. (Também aqui: A smooth road never made a skilled rider e aqui: A smooth sea never made a skilled mariner)

Fez merda e caiu? levanta, vê o que pegou no chão, acerta o que der na hora, bate a poeira (no meu caso foi muita) e segue em frente. O resto será feito quando estiver na garagem. Chegou o dia:

(Desentortando pedal do câmbio Harley Davidson Softail FXST - FX Standart)

A imagem era forte, mas dos males o menor. Ganhei apenas um pedal de câmbio torto e uma tampa da primária arranhada. Hora de desentortá-lo, aproveitando a ocasião para o mesmo serviço no pedal de freio. Esse eu atribuo ao amigo, que decidiu manobrar a moto dos outros e deixou tombar. Valeu Tiki:

(Desentortando pedal do freio Harley Davidson Softail FXST - FX Standart)

Com uma chave allen, retira-se o parafuso do eixo do pedal do freio. Depois retira-se o pino que trava o pedal do eixo do burrinho:

(Retirando pedal do freio - Harley Davidson FX)

Já no pedal do câmbio, uma chave 1/2" resolve:

(Retirando pedal do câmbio - Harley Davidson FX)

Mais uma vez, a ajuda do torno de "bancada" do vizinho. Pedal do freio preso no ponto que estava torto. O peso de ferro ajuda a voltar pro lugar. Metal tem memória:

(Desentortando pedal do freio Harley Davidson Softail FXST - FX Standart)

Agora a vez do pedal do câmbio. Com todo o cuidado para não fragilizar o material. Esse foi fácil:

(Desentortando pedal do câmbio Harley Davidson Softail FXST - FX Standart)

Devolvendo à moto:

(Desentortando e instalando pedal de câmbio e de freio da Harley Davidson FX)

Tá nova! Pronta pra rodar!

Aproveitando, uma piada:

"Filipec, ando de moto a 32 anos e nunca caí!"

kkkk


1-8 of 8