Día 29: Serra do Rio do Rastro - Morretes

postado em 23 de jan de 2015 07:40 por Road Garage   [ 2 de fev de 2015 05:03 atualizado‎(s)‎ ]
Como prometido acordei as 5h da matina, e quando estava carregando a moto, o senhor me chama para tomar café. Ontem sua senhora insistiu para que colocasse a moto para dentro, mesmo sendo um lugar seguro e não ter ocorrências policiais. É de praxe colocar as motos na área do refeitório, tem uma rampa de madeira e tudo:

(Hotel Verde Serra - Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina - Brasil)

O senhor e a senhora estão acostumados a receber motociclistas, e quando o grupo é grande, arrastam as mesas e até armam uma mini churrasqueira para os mal-acabados fazerem churrasco. São pessoas bem simples com imensa bondade. No hotel não há luxo algum, foi feito por um dos filhos que trabalha com construção, afim de gerar renda com as diárias para os pais. Comi meu pão com manteiga, tomei meu café com leite e pé na estrada.

Comecei a subir a serra com o dia amanhecendo, e as luzes ainda acesas revelavam o caminho tortuoso:

(Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina - Brasil)

Eu achei que não teria tráfego, e a serra seria só da Ruanita. Ledo engano:

(Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina - Brasil)

Via estreita sem distância mínima lateral. Hora do aperto:

(Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina - Brasil)

Completei a subida e cheguei no mirante com o sol raiando:

(Mirante da Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina - Brasil)

Tá cedo ainda, então bora descer e fazer novamente. Agora sem caminhões, voltei a subir. Nuvens:

(Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina - Brasil)

Agora sim uma subida completa. Patch conquistado com sucesso:

(SC-390 - Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina - Brasil)

Em tempo, pois em instantes engarrafou de novo:

(Serra do Rio do Rastro - Lauro Muller - Santa Catarina - Brasil)

Show de bola! Só ficaremos devendo a do Corvo Branco:

(SC-416 - Santa Catarina - Brasil)

Engraçado o prazo é de 12 meses. E quando começa? Me lembrou a minha carta verde, válida por 30 dias e sem data de início. Brasileiros...

Começamos a descer a BR-282 em direção a Floripa debaixo de muita chuva que persistiu pelo restante do caminho, cedendo um pouco na divisa:

(BR-101 - Divisa SC | PR - Brasil)

Em Curitiba, uma tempestade de alagar o asfalto:

(BR-116 - Curitiba - Paraná - Brasil)

12 vezes na cidade, 11 vezes choveu. Curitiba cidade da chuva!

Ia ficar por aqui, mas como já estava todo molhado, olhei o horizonte e resolvi arriscar. Será que estava chovendo na serra da graciosa? Não:

(Portal da Graciosa - Serra da Graciosa - Paraná - Brasil)

Fazer a Serra da Graciosa e a Serra do Rio do Rastro no mesmo dia é luxo total! E por aqui nada de chuva:

(PR-410 - Serra da Graciosa - Paraná - Brasil)

Ainda bem pois essas curvas em declive com paralelepípedo molhado são altamente deslizantes. E depois de muitos kms, a fome estava de matar. Coloquei o barreado de Morretes pra resolver o problema:

(Barreado - Morretes - Paraná - Brasil)

Amanhã é o dia da minha serra preferida: Rastro da Serpente!

Comments